QUAL É A MELHOR IDADE PARA O SOLTEIRO TER SEU PRIMEIRO RELACIONAMENTO?

quinta-feira, 26 de março de 2015

AMAR É COMO ATRAVESSAR A RUA COM OS OLHOS VENDADOS!

A vida nunca nos deu garantia alguma de que um dia seremos "felizes para sempre". Não existe um pacto ou contrato assinado que nos assegure que todos os nossos planos darão certo, que nossos dias serão sempre de sol. Ou então que seremos tratados de forma mais justa por sermos bonzinhos, honestos ou espirituais. Entretanto, pensamos e alimentamos em nosso coração o sentimento de que coisas ruins nunca acontecerão conosco.


Ignoramos o fato de que nada a não ser Deus, é para sempre. Como diria o Pr. Neil Barreto: "viver é ser um não ser pra sempre, somos seres em construção, mudamos constantemente e caminhamos existencialmente para o fim". A vida é ambígua, coisas começam e coisas terminam. Por isso, mesmo que estejamos vivendo dias de festa e felicidade, não devemos ignorar a existência do dia mal. E o oposto também é verdadeiro, mesmo que estejamos vivendo o dia mal não podemos ignorar a existência do dia bom.

Nosso grande problema é que estamos muito mais preparados e dispostos a vivermos os começos do que os finais. Os encontros do que as despedidas. O nascimento do que a morte. Quando começamos um relacionamento nunca consideramos a hipótese do fim, na verdade tudo o que queremos é passar o resto da vida juntos. Fazemos juras de amor, idealizamos planos de ir para a mesma faculdade, casar, ter filhos, netos e envelhecer juntos e onde se encaixa a morte e a perda? Nem sequer passa pela cabeça! Sejamos honestos, a vida é uma caixa de surpresa e amar é como atravessar a rua de olhos vendados. 

Nosso futuro é construído na esperança de que aquela pessoa com quem estamos no hoje, também estará lá amanhã. Entregamos-nos sem reservas, saltamos a dez mil pés de altura, e muitas vezes só lembramos que não colocamos o paraquedas quando já estamos esborrachados no chão. Tememos o fim das coisas ao ponto de não admitirmos sua existência, e muitas vezes - na maioria das vezes, só lembramos que relacionamentos acabam e que essas coisas também acontecem com a gente quando estamos sozinhos, juntando nossos pedaços.

Quando comecei a escrever queria falar sobre como superar o fim de um relacionamento. Não consegui! Ou talvez, até tenha conseguido ao propor que vivamos dias felizes, aproveitemos a festa, o beijo, o abraço e o cheiro. Mas que nunca sejamos ignorantes em não admitir que tudo isto pode ser apenas saudades amanhã. E por isso, vale a entrega, desde que estejamos tão dispostos a viver a parte ruim do existir como estamos dispostos a desfrutar da boa.

Talvez a melhor forma de superar o fim é ser cauteloso no começo. Pisar no freio, engatar a ré quando preciso, dar passos menos largos, reservar mais o coração, abrir o paraquedas e curtir por mais tempo o voo. Quanto menos nos entregamos, mais provocamos no outro o desejo da conquista. Por outro lado quanto mais nos entregamos mais o outro se acostuma com a mesmice e com a ausência de novidades. Se entregue menos no começo. O grande problema da juventude moderna é mergulhar fundo em amores rasos!


Deus te abençoe rica e abundantemente!



Contato para congressos:
contatonamorocomproposito@gmail.com
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!



Se você gostou deste artigo poderá gostar também de nossos livros, clique na imagem do carrinho e visite nossa loja virtual. 

quinta-feira, 12 de março de 2015

CASAR É BOM, RUINS SÃO NOSSAS ESCOLHAS!


"Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá" (Gálatas 6:7).

Fico muito triste quando termino de pregar para jovens solteiros sobre a importância de fazer a escolha certa no que diz respeito à vida sentimental e alguém casado que ouviu a palavra me procura e diz: "Acabei de me dar conta da besteira que fiz com a minha vida. Deveria ter ouvido essa mensagem anos atrás". Estas palavras queimam meu coração e me motivam a aprender cada vez mais para ajudar os jovens desta geração a fazerem uma boa escolha.

Já ouvi de pessoas casadas a seguinte

quinta-feira, 5 de março de 2015

NÃO GASTE SEU TEMPO COM A PESSOA ERRADA!

Jovem, aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço. Faça tudo o que quiser e siga os desejos do seu coração. Mas lembre de uma coisa: Deus o julgará por tudo o que você fizer. Não deixe que nada o preocupe ou faça sofrer, pois a mocidade dura pouco.” (Eclesiastes 11:9).

Tempo é mais que segundos, minutos, horas, dias, anos, décadas, séculos e milênios. “O tempo é um milagre que não se repete”. Alguns dizem que tempo é dinheiro, mas na verdade, é mais precioso que o dinheiro. Tão precioso, que todo o dinheiro do mundo não é suficiente para comprar sequer o último segundo que passou. Tempo é nosso recurso mais precioso e por isso deve ser administrado com sabedoria.

Tenho duas perguntas relacionadas ao seu tempo para lhe fazer - Como você gasta seu tempo? E em termos de relacionamentos amorosos, com quem você tem gastado seu tempo?

A primeira pergunta é importante porque diz respeito ao seu futuro como individuo. Muitos jovens vivem deixando a vida levar para ver no que vai dar. Gastam o tempo de qualquer maneira, não planejam o amanhã, se entregam as circunstâncias da vida e esperam ter bom resultado no futuro. São náufragos no mar da vida, possuem um bote com remos, mas não sabem para onde ir, por isso cruzam os braços e se entregam as marés e ondas da vida. Se você vive assim, tenho uma má noticia - "Quem age sem planejar, planeja fracassar!".

A segunda pergunta é importante porque diz respeito ao seu futuro ao lado de alguém. E se você gastar seu tempo com “alguém errado” pode perder a chance de desfrutá-lo ao lado do “alguém certo”. Como diria Caio Augusto Leite - "Era tempo de amor, não aproveitei, o amor virou pó, o tempo passou, a vida acabou". Já parou para pensar que você pode estar perdendo seu tempo com alguém que não quer nada com você? Que não vai te oferecer futuro algum?

Conheço pessoas que deslumbraram um futuro ao lado de alguém que só queria estar ali e aproveitar o momento. Ele (a) só pensava no momento e ela (e) sonhava com o casamento. Nas palavras de Renato Manfredini Júnior - "Ela fazia muitos planos. Eu só queria estar ali. Sempre ao lado dela, eu não tinha aonde ir". Percebe que algumas pessoas relacionam-se com outras por simples conveniência? “Por não ter para onde ir”?

Tem gente que está em um relacionamento para ter companhia, para não se sentir só, para mostrar aos outros que consegue ter alguém ou para suprir suas carências. É gente que não pensa no outro, que se importa apenas consigo mesmo, que vive o momento e não tem muitos planos para o futuro ou se tem, ainda que esteja ao lado de alguém não decidiu com quem compartilha-los.

E ainda existe aquela pessoa que terminou um relacionamento, sabe que não tem mais volta e ainda assim decidiu ficar sozinha, se fechou para novas experiências e alimenta no coração o desejo de que – (mesmo que impossível) em algum momento as coisas voltem a ser como antes. Se você tem gasto o seu tempo assim, gostaria de te dar um conselho - não mendigue atenção de quem quer que seja. Não dependa dos outros para ser feliz. Seja capaz de viver sem a presença de quem vive sem você. Não se esforce para compartilhar minutos com quem está mais interessado em coisas que não te incluem. Arranque o retrovisor da vida e mantenha seus olhos na estrada que está a sua frente. 

Se você é alguém que está relacionando com a “pessoa errada” ou alguém está preso nas ruínas de um relacionamento, meu conselho final é - Seja razoável, seus sonhos, planos e seu tempo são preciosos demais para serem compartilhados com alguém egoísta que só vive o agora. Cada minuto do seu hoje é importante demais para você perdê-lo com quem não quer viver o amanhã e o resto dos seus dias ao seu lado. Proteja seu coração, não permita que as pessoas possam feri-lo. Livre-se do que atrasa a realização de seus sonhos e ore pedindo a Deus para ajudar você a encontrar alguém que queira viver ao seu lado não só o agora, mas para sempre, mesmo que o para sempre seja só até que a morte os separe ou até quando Deus quiser.

Melhor abrir mão de “alguém errado” hoje para ter “alguém certo” à vida inteira. "Quando pessoas erradas saem da sua vida, coisas certas acontecem.” Caio Fernando Abreu
Deus te abençoe, rica e abundantemente!
Contato para congressos:
contatonamorocomproposito@gmail.com


SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!


Se você gostou deste artigo poderá gostar também de nossos livros, clique na imagem e visite nossa loja virtual. 


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

PROMOÇÃO - KIT LIVRO NAMORO IDIOTA, TÔ FORA & LIVRO CASAMENTO COMEÇA NO NAMORO!




KIT PROMOCIONAL 
Namoro idiota, tô fora & Casamento começa no namoro

DE R$ 50,00 POR R$ 40,00
FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL!
Prazo de entrega 15 dias úteis


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

EU OREI PARA NAMORAR E NÃO DEU CERTO. POR QUÊ?


O caminho da oração é livre. Acessível a todos. Não existem restrições de idade, sexo, religião e escolaridade para falar com Deus. Ele ouve todos que com um coração sincero prostram-se em sua presença. Entretanto, nem todos possuem sensibilidade para ouvir, entender e obedecer aquilo que Deus lhes fala em resposta às suas súplicas.

O tema do meu último artigo foi: ORE ANTES DE NAMORAR. Muitas pessoas que leram este artigo me enviaram perguntas sobre o assunto. Entre as perguntas uma chamou minha atenção, a dúvida era: "Eu orei antes de namorar e ainda assim não deu certo. O que aconteceu?".

ORAÇÃO INDIRETA - Desconfinados